Media

‹ VOLTAR

R&D Nester apresenta “Market integration of renewables and multi-service storage applications”

 

O R&D Nester participou na conferência internacional "IEEE PES ISGT Europe 2017", realizada em Turim, em Itália, entre 26 e 29 de Setembro.

Esta conferência é organizada pela IEEE Power and Energy Society (PES), onde são apresentadas as mais recentes inovações no campo das Smart Grids.

Nesta edição, foram realizadas cinco sessões plenárias, quatro sessões de painel, 6 tutoriais e 6 workshops, envolvendo profissionais de diferentes setores, incluindo universidades, fornecedores de tecnologia, TSOs, DSOs, instituições de investigação e reguladores. No total, compareceram mais de 350 participantes e foram apresentados mais de 260 artigos em 36 sessões técnicas.

Os principais tópicos em discussão nesta conferência centram-se na implementação de soluções envolvendo Smart Grids (principalmente ao nível de Distribuição), Qualidade de Energia, Estabilidade da Rede em cenários de alta penetração de renováveis, Digitalização; Armazenamento de Energia; Controlo Distribuído de Tensão e Frequência; Ciber-segurança e também no compromisso entre Segurança e Resiliência em sistemas de energia baseados em tecnologias com baixas emissões de carbono e baixa inércia.

Durante a conferência ocorreu ainda uma visita ao Global Real-time Super Lab of the Energy Center of Politecnico di Torino, onde decorreu uma demonstração "Real-time Multisite Co-simulation across Atlantic for Supporting Energy Transition" realizada em simultâneo com o U.S. D.O.E. Idaho National Lab.

O investigador Ricardo Pastor, do projecto "Renewable Integration Tools", apresentou o artigo "Market integration of renewables and multi-service storage applications" onde a equipa do projeto abordou a integração em ambiente de mercado de produtores de energia de fontes renováveis, com um caso de estudo envolvendo uma central PV, e de como a associação de sistemas de armazenamento de energia pode permitir, quer a redução dos desvios inerentes à incerteza da sua fonte primária, quer a sua participação em outros mercados (ex.: serviços de sistema), por forma a alargar a suas fontes de receita e reduzir o período de recuperação do investimento.

Ver todas as newsletters